sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

É O BRASIL SURF PRO NA JOACA

O sol deu o sabor de sua cara na ilha, Adriano Minero apareceu também e as baterias do Brasil Surf pro, continuaram instigadas. Agora já temos os nomes para as quartas que ocorrem amanhã. Pelos catarinenses, Marco Polo adentra cedo nágua com o cometa Halley Batista. Boa bateria de se assistir. Na sequência vem, Alanderson Martins, com Renato Galvão, Saulo Junior com André Silva e finalizando o set, William Panda, com Messias Felix. Outra bateria boa de assistir. Na área feminina, as semifinais contam com as concorrentes ao titulo. Diana Cristina, abre a cena com Gabriele Teixeira e na outra bateria, Juliana Quint, concorrente ao titulo, enfrenta Suelen Naraisa. Boa bateria de se assistir. Aqui pelo sule, a cobra fuma e pipocam trovoadas espaçadas, no litoral, ondas com formação regular e apartir de amanhã em Torres, tem surf com os amadores, na arena da praia dos Molhes. Por lá neste final de semana serão apontados os campeões estadual. FGS e AST convidam. Enquanto isso curtam, William Cardoso, o Panda rasgando.Foto divulgação.

3 comentários:

Surfocrata disse...

Fala Castro. Blz?
Tu viu a coluna de seu colega Alex Guaraná na Fluir deste mes?
Ele pega meio pesado no circuito organizado pela Abrasp, mas não deixa de ter razão. De fato a formula esta desgastada.
No SURFOCRACIA falei algo semalhante, mas demos sugestões totalmente distintas.
Enquanto eu acho que o circuito brasileiro deveria se integrar as etapas do WStar e WPrime, valendo pontos para ambos os circuitos e os estaduais virarem etapas do brasileiro. Ele acha que deveria acabar o circuito e que devia voltar os festivais dos anos 70 com 10 dias de surf, musica e o escambal, inscrições livres para uma premiação de 500 mil. o BSP hoje já distribui um milhão no somatório das etapas.
Disse que ele pegou pesado porque chamou os cabras que competem aqui de pessoas de sindrome de Peter Pan, porque passaram dos 18, não explodiram (mundialmente pelo menos) e que deveriam partir para outra e estudar.
Discordo neste quesito, porque acho que não há espaço (nem grana) para todos explodirem no mundial e que nosso circuito brasileiro já tem uma bonita história de 25 anos e não acho que os campeões desses circuitos devam ser menosprezados nem comparados a pessoas com sindrome de Peter Pan.
Concordo, contudo, que mudanças devem ser feitas, urgentemente, a fim de continuarmos a eleger um campeão nacional legítimo.
Perdemos muito com a saída do Super Surf, e o BSP não conseguiu suprir a necessidade, nem de longe.
A competitividade é uma coisa positiva do circuito, não aquela de 12 atletas correndo atras do titulo, mas aquela atrelada ao nível dos atletas. A quantidade de atletas com chances de título tem que ser atribuida a pequena quantidade de etapas, mas o nivel dos atletas compensa, não há baterias ruins no bsp, e isso deveria ser melhor aproveitado...
vamos que vamos castro...
abç

Castro Pereira disse...

Não sei quem criou, perece q foi um antigo editor da Fluir e eu peguei como slogan. O resto é Marola! Caro amigo, alguns caras q já foram, ñ são mais, mas ainda querem, necessitam de holofotes e muitas vezes se atrapalham e citam besteiras, ou melhor dizem. Não é assim com as superstars, q estão fora de cena. É isso. Vc já leu várias vezes eu comentar q certos blogs são a midia especializada do surf, de tanta sabedoria e entendimento. É isso camarada. Uma vez na praia Mole, eu e um repórter catarina, ouvimos uma declaração de Roberto Perdigão, da Abrasp, com essa sua intenção de integração dos circuitos. entramos no carro e saimos rindo, na época.Mas a idéia é boa. E lembre-se seu trabalho no blog e tão valoroso qto um Julio Adler,o RESTO É MAROLA. Boas ondas

Surfocrata disse...

valeu Castro!
cara, o que mais quero é ver o surf brasileiro nas alturas!
Um dia ainda vou trabalhar exclusivamente no esporte.
Por enquanto, to aqui, no escritório, pleno fds de sol, verão...mas tem que pagar as contas...
o negócio é seguir em frente, batalhando, confiando em Deus, porque como bem disse, meu velho...
O RESTO É MAROLA!