terça-feira, 8 de novembro de 2011

MEDINAS CAMPEÃO DO SANTO FRANCISCO É!



Ora bolas, quem não acreditou, agora ficou bamba, o moleque imprevisivel, coisa que eu não acredito muito, como declarou meu irmão blogueiro Dôtor Ivo, o moleque surfa com amor, gosta do que pratica, então ele vai lá e faz. Também penso assim. Mas a renovação tá chegando. Medinas, Pupos, Alejos, e mais uma centena de sujeitos que estão reavivando o surf no pais do Jeitinho. Assim como Teco e Fabinho, mais Piu Pereira, fizeram nos 90. Logo após os 90 tinhamos uma geração de talentos, mas nada desse nivel, que nós aproxima de um titulo como nação. Todos tem sua porcentagem de crédito é claro, mas essa nova guarda, tá escrachando. Quando a gringada acha que pode torcer o nariz, ou fazer como declarou meu camarada ex-blogueiro, perdão ele está escrevendo pouco agora, no blog porque nos line ups dos big eventos ele é voz ativa - Julius Adler; "os gringos viram a cara e pensam que os brasas não existem. Assim deveríamos fazer com eles". Que nada, passando pelo Senhor dos Titulos, os caras sabem que Minero, Medina, Alejo, Heitor, estão em bateria, eles querem é olhar e ficar mais espertos do que eram. Porque se um desses entrar nos seus caminhos, é menos dólar e menos pontos e menos exposição na midia de suas fulgurantes figuras. Ou voce não assistiu um certo aussie que anda de roupinha CARNAVALESCA nos heats, que participa. Eles tem que ser notados. Brasileiro não, somos casca grossa, bola de ferro, queremos ver as minas, rir, gargalhar de felicidade, comer com ferocidade os rangos e dar aéreos perfeitos só prá nós mesmos. O resto é LUCRO.
Então tamos no lucro, o senhor dos titulos, tá de olhos bem abertos e o resto da troupe do tour também. É isso, moçada bacana, apostas fechadas e a banca (O BRAZIL), tá recolhendo as fichas. Boa semana e fiquem com Deus, aquele que vela pelos seus. ALOHA
Na shot, Medina e seus camaradas conhecidos, ele é o da prancha com o logo da Rip Curl no bico. Na outra o Alejo, em action irada num clik de Chauchê.

2 comentários:

Surfocrata disse...

esses dias pós vitória de um brasileiro no surf mereciam uma mesa redonda, não mereciam?
Cara, eu acho que essa questão dos gringos e nós, ou nós x eles, deve ser encarada de modo profissional e não pessoal, mesmo que seja pessoal.
O lance é Arte da Guerra mesmo, ta ligado irmão?
Eles estão estabelecidos e felizes, enchendo os bolsos de $ e não estão gostando de ver sua fatia cada vez menor.
Não vão facilitar, não tem nem porque facilitar.
O quanto antes os guerreiros assimilarem isso melhor.
Nós estamos invadindo, portanto, estamos no território deles e tem que ficar esperto para as armadilhas deles.
Acho que os gringos que reclamam não transformaram a opinião de ninguém. Não dá para generalizar. Temos fãs do lado de lá. Caras como Pottz e Nick Carroll já vinham avisando que isso ia acontecer. Lembro do Ace Buchan quando surgiu falando que a nova geração australiana tinha que aprender com a nossa. O havaiano Sullivan vibrava que nem brasileiro na narração das ondas do Alejo e do Gabriel. Caras que dão mais valor para o surf do que para quem o pratica.
O que quero dizer é que essa geração é forte tbém em quantidade. Já temos qualidade desde os tempos do Pepê, faltava era quantidade.
Com os exércitos a postos, é hora de ir a luta...mas com cabeça e muito surf.
A conquista deste espaço ainda vai custar um pouco, mas chegará o dia em que a bandeira brasileira será tão comum quanto a australiana nas finais das etapas do WT e em qualquer condição de mar.
Ademais meu amigo, ainda acho que temos uma batalha interna para dar atenção. Tem-se que aproveitar o momento. Hoje no Globo Esporte não vi nada do que rolou! Lamentável. Cadê os agentes desses caras? Esses moleques tem que ir pro Faustão, pro Jô, pro Casoy, pra Hebe, pra Gabriela, tem que transformar esses caras em ídolos aqui, gerar grana aqui, investir essa grana na base e na preparação para os próximos anos.
Depois que ficam sem Senna, sem Guga é que o o esporte se toca que devia ter aproveitado o momento.
Castro, Lula do Surf, vamos levantar essa bandeira?
Surf Brasileiro tem que crescer mais e mais...não tenho dúvida que tem uns 100 Medinas espalhados pelo país, só esperando o apoio certo na hora certa para deslanchar...
Abç

p.s: sendo justo com a TV a ESPN Brasil (p/ variar) foi do caralho ontem, ao vivo com feras Renan Rocha e Edinho Leite e de madruga passou no Sportscenter. Parabéns! Galera de visão naquele lugar. Sou fã do Trajano que voltou ontem para o Mesa Redonda.

Castro Pereira disse...

Concordo c/vc não vi nada no tal globoesporte. Esses meninos precisam de agente(olha a brecha de trabalho aí)assessor de imprensa e tal. E o q vc citou é uma grande pedida. Irem aki e ali e divulga as vitórias. Não deixar prá depois. Mas a nossa própria mmidia é assim.Uma por..metida a besta. Prá vc ver agora era hora de mesas redondas e videos nos blogs sobre a discussão dos rumos do Brasil no circuito.Imagine q programão gostoso de ver e ouvir, reunindo num video, vc eu, trombone,sapão,Edu, gil e mais alguns sacanas do surf, metendo o bocão e falando verdades sem eiras e beiradas, na lata, levantando a firma e mostrando os podres da firma, como os surfers querem saber e entender. Putzgrila ia ser do Caral.....Ivo, vai ter um Pro no sul, só q em Cidreira, prainha longe pacas da capital. Senão ia lhe convidar. Mas é isso irmão gostei das suas opiniões. como sempre! abçs